A TERRÍVEL SINA DO AMIGO

Como todos sabem, – se não sabem, ficarão sabendo agora – não há nada mais broxante que ser chamado de amigo.
Não estou falando que é ruim ser chamado ou ser considerado assim, mas todo homem teme a tão famosa friendzone.
Imaginem a cena:
O cara acorda determinado, toma seu banho pensando no seu dia. Trabalha o dia inteiro só pensando em como será a noite.
Se prepara. Vai pra casa voando, toma dois banhos pra garantir. Veste uma roupa bacana, vai pra frente do espelho e ensaia o que irá dizer. – Está tudo errado! – Recomeça o discurso. Toma outro banho e ensaia mais um pouco embaixo do chuveiro.
Sai do banho, olha as horas – Faltam 45 minutos – Troca de roupa mais duas vezes, acerta os últimos detalhes do discurso e sai de casa.
No caminho passa numa floricultura e numa loja de chocolates.
Está tudo pronto!
Munido de todas as armas ele para na frente da casa dela.
Confiante!
Corajoso!
Destemido!
Ela abre a porta, ele entrega os presentes pra ela e antes de começar o tão ensaiado discurso ouve a seguinte frase;
– Que fofo MIGO! Você é meu BEST.
PRONTO! A surpresa de aniversário já era. O declaração de amor já era também. A auto-estima, a coragem e a confiança já estão do outro lado da rua indo embora de cabeça baixa.
img06 
Pois é!
O camarada em questão broxou.
Estava todo empolgado, animado e confiante e em menos de 30 segundos tudo isso acabou.
Pode ser que a moça em questão não tenha dito isso como uma forma de afastar as segundas intenções do rapaz, porém ela conseguiu isso com maestria.
Seria muito mais fácil se as mulheres conseguissem ler esses comportamentos que nós apresentamos independente da idade.
Se não querem nada conosco, nos falem.
E se por ventura existir pelo menos uma remota possibilidade de que vocês tenham algo com esse cara, pelo amor de D’us não o chame de amigo! NUNCA!
Pois chamar um cara de migo, amigo, best ou qualquer outra coisa assim é o maior anti-viagra que existe.
———————————————————————————————————————————–

dann  Dann Toledo

Semi-psicólogo metido a escritor e pseudo poeta.
Colaborador do Manual Prático do Canalha Sentimental e Criador do site Psicoquê?
Anúncios

2 pensamentos sobre “A TERRÍVEL SINA DO AMIGO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s